Prémio Novos Artistas Edição 2013

2013
Ana Santos

Júri:

José Manuel dos Santos

Helen Legg

Philippe Van Cauteren

Suzanne Cotter

Jorge Molder

 


Ana Santos é a vencedora da 10ª edição do Prémio Novos Artistas Fundação EDP, que distingue jovens talentos na área das artes plásticas e visuais. A artista foi seleccionada por um júri internacional que avaliou as obras dos nove finalistas desta edição numa exposição na Galeria da Fundação EDP no Porto e na Casa da Música.

O júri – composto por José Manuel dos Santos (director cultural da Fundação EDP) Helen Legg (directora do Spike Island, Reino Unido), Philippe Van Cauteren (director artístico do S.M.A.K, museu de arte contemporânea em Ghent, na Bélgica), Suzanne Cotter (directora do Museu de Serralves) e Jorge Molder (artista e Grande Prémio Fundação EDP Arte em 2010) – distinguiu “a coerência do seu trabalho, o uso instintivo do espaço, a utilização de materiais que criam uma relação visual e física com o observador. O trabalho desta artista combina uma aparente fragilidade com um apurado sentido poético e uma clareza de intenção”. 

O artista vencedor recebe um prémio no valor de 11.500 euros que deverá ser utilizado para o aprofundamento dos seus estudos ou para a concretização de um projeto artístico.

Ao longo das anteriores edições, o prémio distinguiu artistas que agora são reconhecidos e estão integrados nos mais recentes panoramas da arte nacional e internacional, nomeadamente  Joana VasconcelosLeonor AntunesVasco AraújoCarlos BungaJoão Maria Gusmão e Pedro PaivaJoão LeonardoAndré RomãoGabriel AbrantesPriscila Fernandes.

Biografia

Ana Santos

Ana Santos nasceu em Espinho em 1982, estudou Escultura na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e é Mestre em Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias pela Universidade Nova de Lisboa.

Realizou o Projeto Individual do Ar.Co e o curso de Artes Visuais do programa Criatividade e Criação Artística da Fundação Calouste Gulbenkian. Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian em 2010-2011 para residência artística no International Studium & Curatorial Program, Nova Iorque, EUA.

Destacam-se das exposições que integrou, em 2013, Coleção de Serralves - Forma Conceptual e Ações Materiais, Museu de Serralves, Porto; em 2012, Trabalho, Chiado 8 – Arte Contemporânea, Lisboa, e Primeira Avenida: Rua de Sentido Único, Museu de Serralves, Porto; em 2011, Musicircus, Roullet, Nova Iorque, EUA, em 2007 Open Studio - O Sítio das Artes, Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, e em 2006, 3ª edição do Anteciparte, Lisboa.

Vive e trabalha em Lisboa. 

 

OBRAS DOS FINALISTAS

Obra de Ana Santos. | Fotografia: Ricardo Castelo

Obra de João Ferro Martins. | Fotografia: Ricardo Castelo

Obra de João Mouro.

Obra de Luís Lázaro Matos.

Obra de Mariana Calé e Francisco Queimadela

Obra da dupla musa paradisiaca.

Obra de Pedro Henriques.

Obra de Sandro Ferreira.

Obra de Tiago Baptista.