PRÉMIO NOVOS ARTISTAS FUNDAÇÃO EDP 2017

2017
Claire de Santa Coloma

Júri

Pedro Gadanho (presidente)
Eduardo Batarda
Penelope Curtis
Bill Fontana
João Mourão

Os portugueses Ana Cardoso, Bernardo Correia, João Gabriel, Ana Guedes, Igor Jesus e a argentina Claire de Santa Coloma são os finalistas ao Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2017.

A escolha dos seis finalistas desta 12ª edição, num total de mais de 600 candidaturas, foi feita por uma equipa curatorial de seleção constituída por Ana Anacleto – curadora e coordenadora curatorial no MAAT -, Filipa Oliveira – diretora artística do Fórum Eugénio de Almeida - e João Silvério – curador da coleção da arte contemporânea da FLAD.

Os artistas selecionados terão os seus trabalhos expostos numa mostra coletiva que estará patente no MAAT até 9 de outubro. No decorrer desta exibição, o júri nomeou a artista Claire de Santa Coloma como vencedora, a quem será atribuído um prémio de 20 mil euros.

Biografia

claire
Fotografia: Paulo Alexandrino

33 anos, nasceu em Buenos Aires, Argentina, em 1983, vive e trabalha em Lisboa.

Estudou escultura de talha directa nos Ateliers Beaux Arts de la ville de Paris. Simultaneamente, obteve o mestrado de investigação em Artes Plásticas na Universidade La Sorbonne, Paris. Entre 2007 e 2009 foi artista residente na Casa de Velázquez em Madrid. Entre 2009-2010 frequentou o programa de Estudos Independentes da MAUMAUS, em Lisboa, com o qual participou na 29ª Bienal de São Paulo. Em 2010, participou na residência La Belle Alliance (Metropole), no Goethe Institute de Lisboa. Em 2017 é convidada para integrar o programa de Lisboa Capital de Cultura Iberoamericana com uma residência nos ateliers dos Coruchéus e um projeto a apresentar na galeria Quadrum. 

Expõe regularmente desde 2008. Entre as suas exposições individuais destacam-se:Guía Prático para Fazer uma Escultura Básica de Madeira, na Galeria 3+1 Arte Contemporânea (Lisboa, 2014); A ordem complexa, na Galeria Progetti (Rio de Janeiro, 2012); A escassez nos salvará da catástrofe, na Galeria 3+1 Arte Contemporânea (Lisboa 2011) e A Experiência da Medida, no Carpe Diem Art & Research (Lisboa, 2010). Entre as suas exposições colectivas destacam-se: Excusa Argumental, no Museo de Arte Contemporáneo Gaz Natural Fenosa (A Coruña); Bienal de Arte de Buenos Aires (Buenos Aires 2013); Geografía Portátil, no MUMU (Córdoba, Argentina, 2013).