Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2009

2009
Gabriel Abrantes

Júri:

Pedro Calapez
Agnaldo Farias
Miguel von Hafe Pérez
Bartolomeu Marí i Ribas
José Manuel dos Santos

 

Artistas Selecionados:

Gabriel Abrantes
Sónia Almeida
António Bolota
Mauro Cerqueira
Bruno Cidra

Hernâni Gil
Margarida Paiva
Gonçalo Sena

A exposição do Prémio EDP Novos Artistas 2009, com a curadoria de Delfim Sardo, João Pinharanda e Nuno Crespo, decorreu de 28 de março a 10 de maio de 2009, no Museu da Eletricidade, em Lisboa. Gabriel Abrantes foi o vencedor desta edição do prémio, na qual o júri atribuiu também uma Menção Honrosa ao artista Mauro Cerqueira. O grupo de artistas finalistas contou com Sónia Almeida, António Bolota, Bruno Cidra, Hernâni Gil, Margarida Paiva e Gonçalo Sena. 
 

Gabriel Abrantes apresentou uma instalação baseada num vídeo. O filme, criado num estilo "kitsch", foi montado em três capítulos distintos, e narra a história de um casal de homens homossexuais que decide ter um filho, um desejo que envolve várias peripécias, e é até marcado por mortes dramáticas em desastres de automóvel.

Biografia

Gabriel Abrantes
Fotografia: Berlinale

Gabriel Abrantes nasceu nos Estados Unidos da América, em Chapel Hill, Carolina do Norte, em 1984. Completou a licenciatura em Cinema e Artes Visuais na The Cooper Union for the Advancement of Science and Art (Nova Iorque, 2006), e uma pós-graduação no Le Frenesnoy Studio National des Arts Contemporains (Tourcoing). Expõe individualmente desde 2002. Recebeu numerosos prémios, incluindo o Leopardo de Ouro para a Melhor Curta-Metragem Internacional, no Festival de Cinema de Locarno 2010, pelo seu filme A History of Mutual Respect. Vive e trabalha em Lisboa.

OBRAS DOS FINALISTAS

Obra de António Bolota

Obra de Bruno Cidra

Obra de Gonçalo Sena

Obra de Hernâni Gil

Obra de Margarida Paiva

Obra de Mauro Cerqueira

Obra de Nuno Sousa

Obra de Sónia Almeida

A EXPOSIÇÃO

Patente no Museu da Eletricidade de 28 de março a 10 de maio de 2009.