Programa Escolas Solidárias envolve mais de 56 mil alunos e professores em projetos de cidadania

Mais de 900 alunos e professores de escolas de todo o país marcaram presença, hoje, terça-feira, no 9.º Encontro Nacional Escolas Solidárias Fundação EDP, que assinala o fim de um ano letivo dedicado a projetos de intervenção e solidariedade social. Esta edição do programa fica marcada pela crescente mobilização: participaram 514 escolas.

A erradicação da pobreza e da fome, a promoção de sustentabilidade económica e ambiental, a criação de mais educação e melhor saúde e o apoio às comunidades mais vulneráveis foram os temas que mais motivaram à participação dos alunos, ao todo 52.472 alunos agiram em prol da comunidade. 

Sob o mote ‘#és ou não és?’, as escolas inscritas criaram 1.359 equipas solidárias que desenvolveram 2.356 projetos no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Empenhados em resolver questões que afetam as comunidades onde se inserem, juntos – professores e alunos – dedicaram cerca de quatro milhões de horas a este programa que conta com o selo oficial da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e da Direção-Geral da Educação.

Conheça as escolas distinguidas

 

 

 

29 Maio 2019