Programa Arte Pública chega a Braga

Cartaz do projeto

O concelho de Braga, no Minho, vai acolher o Programa Arte Pública Fundação EDP. João Martinho Moura, Sebastião Peixoto, José Pedro Santos são os artistas convidados a desenvolver intervenções em espaços públicos das freguesias de Crespos e Pousada, Padim da Graça, Merelim (São Paio), Panóias e Parada de Tibães, e Palmeira.

Este será o sexto núcleo de intervenção do Programa Arte Pública Fundação EDP. Iniciado em 2015, o programa promove o acesso à arte e o envolvimento da população em novas experiências culturais, bem como pretende estimular o desenvolvimento local através da realização de obras de arte pública em meios rurais. 

Chega agora a Braga, no Minho com mais de 80 obras de arte já realizadas no Algarve (barlavento e sotavento algarvios), Alto Alentejo (Campo Maior), Ribatejo (Rio Maior), Médio Tejo (Vila Nova da Barquinha) e Trás-os-Montes (Alfândega da Fé, Miranda do Douro, Mogadouro e Torre de Moncorvo). 

Realizado em parceria com o município local e contando com o apoio da EDP Distribuição, o programa será desenvolvido sob a insígnia Energizarte e contará também com a participação dos alunos da Escola Superior de Design do IPCA - Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. O processo de envolvimento comunitário inclui também a realização de assembleias entre os artistas e a comunidade local. As assembleias nas freguesias de Braga decorrem entre os dias 12 e 14 de abril. 

 

02 Abr 2019