Parabéns MAAT: Mais de 23 mil pessoas celebram o 3.º aniversário do MAAT

Mais de 23 mil pessoas celebraram o 3.º aniversário do MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia. A data foi assinalada com um open weekend de três dias - 4, 5 e 6 de outubro - ao longo dos quais o MAAT e a Central tiveram entrada livre e os visitantes foram convidados a assistir a performances e concertos, bem como a participar em visitas guiadas e em oficinas para famílias. 

O MAAT foi inaugurado no dia 5 de outubro de 2016, com uma festa aberta à cidade de Lisboa.

O novo edifício e a centenária Central, agora unidos por um projeto paisagístico, assumem-se como um dos principais polos de arte contemporânea da cidade. 

 

+ 1 milhão de visitas
Desde a sua abertura, o museu recebeu mais de 1 milhão de visitas.

 

+ 700 artistas
O MAAT já apresentou trabalhos de mais de sete centenas de artistas nacionais e estrangeiros, desde jovens criadores – como os finalistas das edições do Prémio Novos Artistas Fundação EDP – a nomes incontornáveis da arte contemporânea como Bruce Naumam, Marina Abramovich, Michel Birbenstein, Julião Sarmento, Jeff Koons, Pedro Cabrita Reis, Joana Vasconcelos e Dominique Gonzalez-Foerster.

 

+ 60 exposições
A dinâmica expositiva do museu é intensa. Entre outubro de 2016 e outubro de 2019 foram apresentadas 64 exposições internacionais e de artistas portugueses.

 

3.000 escolas
o pré escolar ao ensino universitário, o MAAT e Central são “laboratórios” de aprendizagem
de temas como artes plásticas, arquitetura e ciências. É um dos museus privados mais visitados por escolas em todo país. Desde outubro de 2016, mais de 3.000 instituições de ensino visitaram o museu.

 

3.000 membros
Acesso ilimitado e gratuito a todas as exposições, para o seu titular e um acompanhante, e descontos nas atividades organizadas pelo museu e em artigos da loja. O cartão de membro do MAAT tem um valor anual simbólico. Mais de 3000 as pessoas já aderiram ao programa de membership do MAAT.

 

30 prémios
O MAAT já foi distinguido e nomeado com mais de 30 prémios nacionais e internacionais. Destaque
para a arquitetura do museu, da autoria da britânica Amanda Levete, alvo de mais de 20 distinções tais como a nomeação como um dos 62 projetos a nível mundial candidatos ao Prémio Internacional RIBA e dois troféus nos Surface Design Awards: o troféu “Supreme”, que distingue projetos arquitetónicos de excelência; e o prémio “Exterior”, atribuído a projetos de design progressivo e com utilização de superfícies inovadoras. 

 

07 Out 2019