ANÁTEMA, de Ana Santos

Anátema

Anátema

23 janeiro a 20 de maio de 2019

Central

Tendo sido distinguida em 2013 com o Prémio EDP Novos Artistas, Ana Santos apresenta agora, a convite do MAAT, a exposição ANÁTEMA, reunindo um conjunto de obras inéditas que resultam da sua mais recente produção.

Enquadrando-se no campo expandido da escultura – ou, mais concretamente, da produção de objetos – a sua prática assenta na procura de um muito particular estado de atenção. Promovendo o recurso à sensibilidade e à intuição como instâncias que permitem sublinhar a unicidade do ato criativo, as suas peças resultam de um processo de reflexão sobre as características formais, funcionais, morfológicas ou cromáticas de determinados materiais ou objetos encontrados e das relações que entre eles possa querer testar ou estabelecer.

Interessa-lhe uma prática, muitas vezes reduzida à mínima ação possível, na qual os valores tradicionais da escultura – enquanto disciplina – são frequentemente questionados por meio da afirmação de uma ideia de precaridade, de estranheza, de não-pertença, de leveza ou de fragilidade.

Fotos: Bruno Lopes

22 Jan 2019