A Fundação EDP privilegia a formação de jovens universitários em contexto real de trabalho, assumindo-se como uma escola de competências. Através de uma parceria com a Fundação da Juventude, e durante um período de seis meses, os jovens adquirem conhecimentos nas áreas das Ciências, das Artes e das Relações Públicas; aprofundam temas como Arte Portuguesa Contemporânea, Técnicas Artísticas, História da Eletricidade e Museografia.

Estes estágios têm objetivos pedagógicos como o desenvolvimento de metodologias relacionadas com o planeamento, a disciplina, o compromisso e a flexibilidade, metodologias de inter-relacionamento com grupos e gestão de casos difíceis, desenvolvimento de capacidades de liderança e comunicação e utilização de conhecimentos teóricos em matérias técnicas, entre outros.