Notícia

Conheça a equipa curatorial de seleção

Terminada a fase de candidaturas, dá-se início à seleção dos 6 a 9 finalistas do Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2017.

A escolha, anunciada em abril, está a cargo de uma equipa curatorial de seleção constituída por Ana Anacleto, Filipa Oliveira e João Silvério. 

Saiba mais sobre cada um deles:

 

Ana Anacleto

Ana Anacleto (Lisboa, 1975) é licenciada em Artes Plásticas – Escultura, pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa, em 2000, e completou em 2005 a pós-graduação em Estudos Curatoriais na mesma instituição. Em 1999 foi bolseira Erasmus na HdK - Hochschule der Künste, em Berlin. Neste momento é doutoranda em Arte Contemporânea no Colégio das Artes, Universidade de Coimbra.
Actualmente a desempenhar as funções de Curadora e Coordenadora curatorial no MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia / Fundação EDP, em Lisboa.
Desempenhou as funções de técnica especializada em arte contemporânea, no Instituto de Arte Contemporânea (MC), entre 2001 e 2003, e foi assistente de Julião Sarmento, entre 2003 e 2015.
Desde 2003 tem desenvolvido a sua carreira como curadora independente, tendo colaborado, entre outras instituições, com o Museu de Serralves, o Centro de Arte Moderna da FCG, o CAV, a AppletonSquare, a Galeria Quadrum/ EGEAC, o CAPC ou o MACE. Ao longo deste período tem realizado conferências, conversas e visitas guiadas temáticas em colaboração com várias instituições, tendo colaborado também com diversas publicações na elaboração de ensaios, artigos de investigação ou textos de opinião.


Filipa Oliveira

Desde Janeiro 2015 Filipa Oliveira é directora artística do Fórum Eugénio de Almeida, Évora.
Trabalhou como curadora independente entre 2002-2015 comissariando várias exposições em instituições como Centro Cultural de Belém (Lisboa), Kettle’s Yard (Inglaterra), John Hansards Gallery (Inglaterra), Tate Modern (Inglaterra), Fundação Calouste Gulbenkian Centro de Arte Moderna (Lisboa), Fondation Calouste Gulbenkian (França), Crac Alsace (França), Kunstverein Springhornhof (Alemanha), Mead Gallery (Inglaterra), Frieze Projects (Inglaterra), entre outras.
Foi curadora assistente na 28ª Bienal de São Paulo em 2010 e em 2012 foi curadora convidada do projecto Satellite no Jeu de Paume.

 

João Silvério 

Nasce em 1962. Mestre em Estudos Curatoriais pela Faculdade Belas-Artes da Universidade de Lisboa.
É curador da coleção de arte contemporânea da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (www.flad.pt); Cria o projecto independente EMPTY CUBE em Outubro de 2007 que tem apresentado projectos de artistas, designers e arquitectos; Escreve regularmente sobre projectos artísticos em catálogos, publicações e websites entre os quais no emptycube.org

 

Os finalistas terão a oportunidade de participar numa exposição coletiva no MAAT, a decorrer entre junho e setembro de 2017. Durante esta exposição, um júri internacional selecionará o vencedor desta 12ª edição, a quem será atribuído um prémio de 20 mil euros que se destina a apoiar a continuação do estudo ou do trabalho de criação e investigação, bem como a sua internacionalização.